25 Dicas para vender mais na Internet

25 Dicas para vender mais na Internet

1. Escassez e promoções por tempo ou stock limitado

Oferece promoções e cupões de descontos ou ofertas por tempo ou stock limitado. Está provado que o ser humano reage emocionalmente a situações de escassez e de oportunidade. Usa este truque para aumentar as compras por impulso.


2. Cria Combos ou Packs

Ao criar combinações de produtos vendidos em conjunto, estamos não só a aumentar o valor médio de encomenda mas também a oferecer uma solução chave-na-mão ao cliente. Por exemplo vender uma máquina fotográfica e oferecer um bundle a um preço atractivo, com tripé e mala de transporte. Muito conveniente não?


3. Descontos por quantidade ou volume

Principalmente em negócios de consumíveis, esta é uma forma de aumentar o valor do ticket. Oferece um desconto em troca de uma encomenda maior. Desta forma aumentas o valor da encomenda e deixas o cliente satisfeito.


4. Cross Selling

Quando um cliente adiciona um produto ao carrinho, porque não sugerir-lhe que compre também um produto que seja útil para ele ou que combine com o produto que acabou de adicionar. Funciona um pouco como os Combos, mas adicionado em separado e normalmente sem desconto.


5. Up Selling

Oferece brindes ou portes grátis à medida que o cliente aumenta o ticket da encomenda. Por exemplo: um cliente que tem um carrinho de 40€ pode comprar mais um produto para beneficiar de um brinde grátis em encomendas superiores a 50€.


6. Pricing

Garante que o teu preço não está completamente desalinhado com o mercado e com a concorrência. Podes não ter o melhor preço da Internet, mas garante que não estás completamente desfasado. Os teus clientes podem comprar na tua loja por várias razões para além do preço, como por exemplo, pelo apoio ao cliente ou pelo serviço pós-venda…


7. Segmentação

Os teus clientes não são todos iguais. Procura obter o máximo de informação sobre eles e de os catalogar por grupos. Com esta informação vais poder comunicar com eles de uma forma muito mais relevante aumentando a probabilidade de lhes vender. Além disso vais obter informação importantíssima que te vai ajudar a criar uma base de dados segmentada permitindo depois comunicar de forma muito mais contextualizada. Por exemplo teres uma Mail List segmentada por interesses onde podes comunicar promoções ou conteúdos segmentados a cada grupo.


8. Monitoriza as pesquisas no teu site

Uma das formas mais fáceis de perceber quais são os produtos que os clientes estão mais interessados é monitorizar que termos eles inserem no motor de pesquisa da tua loja. Com esta informação podes ajustar melhor a tua oferta e focar-te em vender realmente o que os clientes procuram.


9. Loja Segura

Principalmente os clientes que aterram no teu site a primeira vez, antes de pensarem em comprar, vão querer perceber se podem confiar na tua loja e se esta é segura. Disponibiliza um certificado de segurança SSL e um selo de segurança. Coloca essa informação disponível para o cliente ver, principalmente no carrinho e nas páginas de checkout (encerrar o processo de conta).


10. Credibiliza a tua loja

Constrói uma boa página de apresentação e mostra quem tu és, se possível cria um vídeo de apresentação. Utiliza selos de credibilização como sites de reviews, testemunhos de clientes, disponibiliza um número de telefone e disponibiliza a morada do teu negócio/loja. Deves ainda mostra a tua presença nas redes sociais. Com tudo isto provas que és um negócio sério!


11. Oferece informação detalhada sobre o Produto

O conteúdo é fundamental! Mas o conteúdo é muito mais relevante nas compras online. Isto porque não é possível termos o produto nas nossas mãos tal como temos numa loja física. Sendo assim, como podemos combater esta desvantagem? Exacto, com conteúdo.
Procura dar o máximo de informação sobre os teus produtos, para isso deves ter fotografias de qualidade e de várias perspectivas, texto bem descritivo com características técnicas e toda a informação que possa ser relevante para o cliente. Reviews de clientes ao produto são também uma óptima forma de criar conteúdo relevante. Se possível deves ainda adicionar um video de apresentação do produto. Está provado que aumenta a taxa de conversão porque permite ver o produto de vários ângulos e perspectivas.


12. Oferece Apoio ao cliente ou Chat no site

Muitas vezes o cliente chega ao teu site e não sabe bem por onde começar ou qual o produto mais indicado para ele. Ajuda o teu cliente a tomar uma decisão mais acertada através da disponibilização de telefone ou chat online onde podes conversar e dar-lhe suporte. Desta forma tornas a experiência de compra do cliente mais personalizada e agradável.


13. Garante que o teu site é rápido

Hoje em dia, o tempo é o nosso bem mais precioso e na Internet rapidamente perdemos o interesse se o site que estamos a ver é lento. O índice de atenção é muito pequeno porque estamos constantemente a ser bombardeados com informação. Isto é ainda mais importante quando estamos a falar de um processo de compra. Se fizermos o nosso cliente esperar, provavelmente ele vai procurar um outro site ou uma solução mais rápida. Não dês ao teu cliente a opção dele encontrar outra loja, garante que a tua loja é o sítio certo para ele comprar.


14. Informação de entrega

Ninguém gosta de surpresas desagradáveis e ninguém gosta de comprar online e de receber o produto passado 2 ou 3 semanas. Esta é uma das grandes desvantagens das compras online em relação às compras numa loja física. É importante que o cliente saiba quanto tempo vai esperar pela sua encomenda e quanto vai ter de pagar pelo transporte. Esta informação deve estar disponível ainda antes do cliente adicionar o produto ao carrinho.


15. Oferece uma Garantia de devolução do dinheiro

Uma das melhores formas de acabar com o medo de os clientes encomendarem online e de não ficarem satisfeito com o produto ou serviço, é dar uma garantia de devolução do dinheiro caso o cliente não fique satisfeito. Esta garantia diminui drasticamente a percepção de risco de encomendar na nossa loja.


16. Trocas e Devoluções

Principalmente se o teu negócio é de vestuário ou calçado, esta é uma das principais preocupações dos clientes. Como ainda não podemos experimentar os produtos via Internet, a única forma é encomendar e depois ver se nos serve ou nos fica bem. Este é sem dúvida o grande desmotivador das compras online que pode ser ultrapassado se oferecermos uma boa política de trocas e devoluções e comunicarmos isso claramente ao cliente.


17. Portes Gratuitos

Outra das grandes desvantagens do online é o facto de termos de pagar o transporte dos produtos que compramos e não os receber de imediato. Sempre que possível oferece portes grátis. Além da palavra grátis ter uma influência emocional muito forte no marketing e nas vendas, anula a desvantagem que o online tem em relação ao retalho. Este facto torna as compras online mais apelativas.


18. Social Proof e Reviews de clientes

Os reviews de clientes não só melhoram a percepção dos visitantes em relação à marca ou produto, como adicionam conteúdo relevante e são uma excelente alavanca para levar a uma acção de compra. Utiliza também outras ferramentas de Social Proof (aprovação social) para credibilizar a tua loja, serviços ou produtos. 


19. Efeito “Wow”

Uma das melhores formas de aumentarmos o número de clientes da nossa loja é o efeito boca-a-boca (word of mouth). Nas encomendas enviadas procura surpreender o teu cliente com uma oferta ou brinde que ele não estava à espera ou fazendo um upgrade no serviço de entrega sem ele saber. Este efeito “Wow”, vai deixar uma excelente impressão no cliente e aumentará a probabilidade de ele partilhar essa experiência com os amigos.


20. Oferecer vários métodos de pagamento

Facilita a vida do teu cliente pois podes não ter uma segunda oportunidade. Quantos de nós não desistimos de comprar online só porque a loja não tinha o método de pagamento que preferimos ou com o qual nos sentimos mais seguros. Procura descobrir quais os métodos preferidos da tua audiência e implementa-os na tua loja.


21. Oferecer vários métodos de envio

A par dos métodos de pagamento o método de envio pode ser muito relevante. Como disse anteriormente os clientes têm todos necessidades e problemas diferentes, e é conveniente oferecer várias opções. Uns podem preferir velocidade, outros podem preferir poupar dinheiro no envio. Se não queremos perder oportunidades, temos de ter uma oferta de entrega variada. Se possível oferece ainda a hipótese do cliente levantar a encomenda num ponto de recolha como por exemplo: o Pick Up oferecido pela Chronopost. Por uma questão de comodidade pode ser útil para um cliente levantar a sua encomenda enquanto vai à lavandaria ou ao shopping.


22. Cria um programa de fidelização

É muito mais fácil e rentável vender a um cliente existente do que angariar um novo cliente, além disso ao criar um programa de fidelização a probabilidade do teu cliente fugir para a concorrência é muito menor. Oferece ao teu cliente benefícios ou incentivos para ele continuar a comprar na tua loja. Podes dar um desconto vitalício, criar um sistema de pontos, oferecer crédito acumulado, desconto nos portes, etc.


23. Internacionaliza a tua loja

Uma das formas mais rápidas e lógicas de aumentarmos as vendas é aumentar a nossa audiência e procurar mercados menos competitivos onde teremos melhores hipóteses de sucesso. Converte a tua loja numa loja com várias linguas e abre-a a novos mercados. Não te esqueças de fazer um bom estudo de mercado e de adaptares não só a língua mas todas as outras variáveis, como pagamentos, envios, etc. 


24. Executa!

Combate a procrastinação (adiamento de uma tarefa ou ação). Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje.
Não adianta ter estas ideias todas e não as pores em prática. Não precisamos de ser perfeitos, precisamos de começar. Se a ferramenta que escolhemos tiver resultados positivo, aperfeiçoamos ao longo do caminho.

25. Medição

Depois de aplicar estas ideias mede o impacto e o resultado das mesmas. Caso o resultado não seja o esperado, experimenta fazer alterações e perceber se faz diferença. Se o resultado não for o esperado experimenta outras ferramentas até atingires o objectivo. Sê persistente, repete o processo até conseguires. Define os KPI’s (Indicadores de Performance Chave) e depois utiliza ferramentas de medição como por exemplo o Google Analytics.

 

Fonte: E-Commerce & Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *